O novo Clark Kent português

Não creio que haja palavras para descrever a capacidade humana dum homem como o Carlos Sá. Acabou de nos surpreender novamente, mas desta vez  na prova mais difícil do mundo. A Badwater, no deserto da Califórnia pode levar qualquer um ao desespero, por tão inóspito que é o ambiente envolvente. Um calor abrasador, um chão de fritar ovos e no meio disto tudo, “apenas” 217 quilómetros para percorrer. Pela sua humildade, pela sua capacidade de sofrimento, pela sua história de vida, Carlos Sá é actualmente um ídolo no mundo do desporto português e do trail running mundial.

A Badwater começa numa das zonas mais hostis do planeta, na Califórnia, a 86 metros abaixo do nível do mar, e termina a 2585 metros de altitude, no Monte Whitney. Carlos Sá, depois de 5 horas de prova, vive um dos mais difíceis momentos, pois o seu corpo e principalmente o seu estômago estão em dificuldades, não conseguindo digerir alimentos nem líquidos. O calor e apenas 3% de humidade do ar tornam o ambiente exterior quase irrespirável. Mas Carlos Sá continua, persistente e grande parte do tempo na companhia do mexicano Oswaldo Lopez. A 40 quilómetros do fim, o nosso super homem arranca para a vitória e deixa o segundo classificado, o australiano Gran Maughan a 15 minutos de distância. O médico que o acompanhou disse que o esperam dores musculares intensas, pés inchados, provavelmente poderão cair-lhe algumas unhas, entre outras situações. Só um homem de coragem pode abraçar este desafio. E com a simplicidade que o caracteriza, deixou os jornalistas com uma frase dirigida aos portugueses que para mim define o tipo de pessoa que ele é:

” Não fiquem de braços cruzados à espera que qualquer governante vos faça mudar de vida. Tem que ser ao contrário! ”

Bad

5 thoughts on “O novo Clark Kent português

  1. Concordo plenamente, “assino por baixo” e dou os parabéns ao Carlos Sá pela fantástica lição de vida que nos fornece. Só um homem com uma enorme capacidade de sofrimento e força de vontade consegue feitos tão gloriosos. Parabéns pelo post.

  2. Não há muito mais a dizer, o Carlos Sá é uma máquina imparável e um exemplo para todos os que andam a “arrastar as pernas” pelo meio dos trilhos…😉

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s